29 de dez de 2010

Crente pode usar branco na virada de ano?


Deus criou todas as cores. E a nossa vida está nas mãos do Criador.
.
Acho que é bom estarmos preparados para responder ao mundo a razão da nossa fé sobre todos os assuntos, inclusive sobre os comportamentos que adotamos nesta época do ano, porque Satanás gosta de deturpar as coisas e planos de Deus na cabeça da Humanidade, usa as superstições mundanas para distrair o foco da adoração e fé em Jesus Cristo como Salvador.

Ora, se a pessoa não passar entre 31 de dezembro e 1º de janeiro usando vestimentas brancas, o ano não lhe será de vitória? A vitória do cristão vem do Senhor Jesus, não depende de escolha de cor de suas roupas.
.
É de causar espanto a quantidade de crenças estéreis que existem neste mundo.

Não é certo pensar que Deus não está preocupado se o cristão acredita ou não em superstição. Não é correto dizer que Deus está interessado apenas no coração, e que basta fazer as coisas com honestidade, amor e respeito ao próximo para ser uma pessoa abençoada. Será? Não creio assim, porque acreditar que o branco possui poderes para fazer com que os dias fluam melhor no futuro, é o mesmo que dispensar à criação (neste caso a cor branca) atributos de divindade.

Para o cristão, alegar que se a pessoa comprou a peça de roupa branca e pagou, mesmo que movida por superstição, tudo bem, é um equívoco. A intenção é que fala mais alto, o crente deve sair fora de todo misticismo. Modismos e superstições precisam estar fora do coração do crente. Devemos valorizar a liberdade que Jesus Cristo nos dá.

De fato, usar o branco ou não é irrelevante, desde que as peças de roupas sejam usadas sem extravagâncias, evitando a indecência e sensualidade, e não se deixando prender por lendas sem justicativas bíblicas.

Compro a roupa seguindo o meu gosto pelo modelo da peça de roupa. Posso romper a virada de ano com modelos em branco ou outra cor. Para mim tanto faz se visto essa cor em dia 31 de dezembro ou outro período do ano. Sei que o pecado não se consiste na preferência da cor, mas na intenção que uso minhas roupas.

Eu gosto da cor branco porque ela é suave, discreta, reflete luz, proporciona visibilidade agradável e por combinar com todas as outras cores. Sei que não existe pecado em gostar dela. Aliás, gosto de todas as cores. Entendo que podemos usar todas elas na noite de 31 de dezembro: branco, preto, amarelo, roxo, etc. Se visto a cor preto, passo a virada do ano com a mente traquila, porque sou livre das crendices populares.
Se os cristãos usam branco porque gostam, não há problema nenhum com essa predileção. Os cristãos gozam da liberdade em Jesus Cristo, então o uso depende do gosto de cada um, pode trajar a cor que quiser no momento que desejar.
.
Alguns pessoas aceitam a ideia de que a cor branca simboliza a harmonia, paz e pureza. No entanto, os cristãos precisam, tanto na passagem de ano como o ano inteiro, independente se o símbolo seja válido ou não, cuidar para não viver em pecado, porque é o pecado que rouba a harmonia, a paz com Deus e torna o coração impuro. Assim sendo, ao pecar, o que se deve fazer no imediato momento seguinte e não deixar por isso mesmo, é preciso procurar a reconciliação com confissão e arrpendimento (1ª João 1.9).
.
A cor da roupa que cobre o corpo fisico não quer dizer nada pois o importante é manter branca as vestes espirituais (Eclesiastes 9.8).

Nenhum comentário:

Postar um comentário